Artigos

A reabilitação oncológica é um programa de fisioterapia que atua na melhora funcional de pacientes em tratamento de câncer. Geralmente é indicada pelo oncologista, que fará acompanhamento da evolução do paciente junto com o fisioterapeuta. 

O que é?

Um paciente submetido a um tratamento oncológico, seja por quimioterapia ou radioterapia, invariavelmente, poderá sofrer com limitações físicas e psicológicas. Não é por menos que os principais centros oncológicos do mundo já indicam os pacientes nessas condições para a reabilitação oncológica. 

Essa, por sua vez, consiste em um programa de atividades físicas que visam melhorar a qualidade de vida do paciente. Por meio da reabilitação oncológica o paciente em tratamento de câncer poderá recuperar a integridade cinético-funcional de órgãos e, assim, restabelecer o bem-estar.

Efeitos colaterais da quimioterapia e da radioterapia, tal como a prostração (cansaço), dor incapacitante, mau humor, insônia e peso desregulado são amenizados graças aos cuidados paliativos de sintomas proporcionados por esse tipo de reabilitação.

Como funciona?

Conhecido também como fisioterapia oncológica ou oncofuncional, o tratamento por meio de atividades físicas busca preservar, manter, ou recuperar o condicionamento do paciente durante este processo delicado. Ele pode ser aplicado antes mesmo do começo da quimioterapia ou da radioterapia, já que contribui para a manutenção dos tratamentos.

Muitas vezes a reabilitação se dá de forma presencial em clínicas especializadas para o suporte e educação. Sendo assim, a pessoa submetida a tratamentos oncológicos poderá dar continuidade ao programa de exercícios dentro de sua própria casa. 

As atividades se diferem, dependendo de cada caso, e devem atender exclusivamente ao tipo de tratamento específico de cada paciente. A reabilitação contribui tanto para a recuperação de disfunções causadas pela cirurgia oncológica, quimioterapia e radioterapia, quanto para o processo de prevenção de recidivas.

Início do tratamento

Logo que o oncologista identificar o câncer, o paciente deve ser encaminhado para a reabilitação. Isso mesmo antes da primeira sessão de quimioterapia ou do pré-operatório. Esse esforço mútuo será essencial para atenuar precocemente algumas disfunções. Com base nisso, caberá ao fisioterapeuta determinar o tipo de programa que será usado, se adequando aos sintomas da doença e ao condicionamento físico da pessoa a ser tratada. 

Inclusive o oncologista que faz o acompanhamento do paciente é responsável por manter o quadro médico atualizado para consulta do fisioterapeuta. Essa troca de informações entre os dois profissionais contribui para a qualidade de vida da pessoa submetida aos rigorosos tratamentos oncológicos. 

Tipos de tratamentos

A reabilitação oncológica pode atuar antes e depois de procedimentos cirúrgicos como os de mama, cabeça, pescoço, ósseo, ginecológicos, urológicos, tóraco-abdominais e de coluna. 

Esse tipo de tratamento paliativo é indicado para pacientes que sofrem com alterações causadas pelo tratamento do câncer, como:

- Dores persistentes;

- Limitação de movimentos;

- Formação excessiva de tecidos fibrosos (fibrose);

- Perda de controle motor;

- Prostração;

- Incontinência urinária ou fecal, etc.

Geralmente os exercícios são realizados com atividades que estimulem o alongamento dos segmentos corporais e sua respectiva força muscular. Dessa forma será possível melhorar o condicionamento do paciente, manutenção da função pulmonar e, consequentemente, prevenir complicações.

Além de exercícios funcionais de fortalecimento muscular e alongamento proporcionado pela fisioterapia oncológica, muitas vezes o paciente poderá ter o aporte de técnicas de drenagem linfática, eletroterapia, analgesia e relaxamento.

Evoforce

Partindo de todos esses pressupostos, o objetivo da reabilitação é manter a força muscular e a capacidade física para o paciente em tratamento oncológico. Evidentemente que isso só pode ser realizado por profissionais gabaritados e estruturas adequadas para tal objetivo.

Por isso a Evolua desenvolveu o Evoforce, programa específico para pacientes em tratamento de câncer. De forma personalizada, aliada à excelência dos profissionais, é possível realizar o tratamento, seguindo a reabilitação mais adequada para cada necessidade. 

A disposição dos equipamentos e toda a estrutura possibilitam que o programa seja executado com mais comodidade e eficiência. Toda essa estrutura e cuidado, somados ao acompanhamento junto a um oncologista, são determinantes para preservar, manter e restaurar a integridade anatômica e funcional dos pacientes acometidos por câncer.

Envie sua mensagem

Atendemos no conforto de sua casa. Solicite uma visita para avaliação!

Entre em contato

O diferencial do nosso trabalho está no atendimento individualizado e no acompanhamento evolutivo que é feito a cada sessão.

telefone(11) 9.8141-4806

emailEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

facebook@evoluareabilitacao

Responsável técnica

Luciana Gardin
Fisioterapeuta Coordenadora
CREFITO: 3/29860-F